quarta-feira, 8 de março de 2017

E o poeta, depois de se secar, descobriu que seu mal não em fim
Não conseguindo mais pelos olhos, passou a chorar pelos dedos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário